Amor Animal

Nosso amor é selvagem
Comes meu coração
Meu peito ferido
Paralisado de dôr
Lambes meus dedos
Mordendo meus pensamentos
Matas minha poesia
Me rasgas a paz
Torcendo meus temores
Fazendo me rir até sangrar
Rendida ao teu desprendimento
Minha tirania
Mastigas com sorriso
Nossos versos derretem
No caldeirão da paixão
Nossas almas se rendem
A beleza dos versos
Busco em tua boca
Minha respiração
Nosso amor provoca
Minha inspiração

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s